sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Última hora

Nem acredito!
A Gazeta “revela” mais um camaleão!!!

11 comentários:

Francisco B T disse...

Nem a brincar!

A Gazeta está a fazer o jogo do PSD e para além de não publicar assuntos relacionados com o CDS, faz este lindo trabalho.

Só mesmo a Gazeta!

Anónimo disse...

Desculpem eu não sou de cá... este tipo não é o Parreira?
Se não é tão parecido!

Anónimo disse...

Gostei, em primeira-mão e na última da hora…

Anónimo disse...

Como a foto é a preto e branco não estou a ver lá muito bem…
Este Sr Rui Teixeira não é aquele juiz do processo de pedofilia da Casa Pia?
Se estiver enganado, alguém por favor, é capaz de me dizer quem é?

Anónimo disse...

Conforme se pode ler o Sr Rui Teixeira (PSD) com mais 100 votos e é eleito vereador em Óbidos… portanto não confundir com o Sr Francisco Braz Teixeira (CDS-PP).

Anónimo disse...

Numa coisa é certa, um e outro têm sido juízes em causas muito difíceis.

Anónimo disse...

Estando a Gazeta a comemorar os seus 84 anos, uma pequeno lapso é perdoável… pode acontecer a qualquer um.

Anónimo disse...

Apenas me ocorre dizer o seguinte: GRANDE CAMALEÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

A mim apenas me ocorre dizer...: foi um engano...que não engana ninguém...!!!
Por isso...nem percebo o porquê de tanto alarido...!!!

Vamos lá levar estas coisas ...na desportiva...!!!

Ainda vai haver um edição pelo meio...antes da eleições...!!!

Maximino

Anónimo disse...

Concordo com o comentário anterior, a GAZETA irá rectificar e repor a situação na próxima edição. Mas o Sr. que trocaram o nome, lei o post e comentou às 16,16h.
De imediato lançou as postas nos seus blogues(2) às 16,20h e 16,31… mas tarde 18,08h comentou que a Gazeta tinha assumido o erro gravíssimo.
Todos sabemos o seu verdadeiro nome, por acaso não o chamaram Speedy Gonzales…

Francisco B T disse...

O meu verdadeiro nome é e sempre foi o que se assina.

O erro gravíssimo,para sua informação, foi a expressão utilizada por Carlos Cipriano ao perceber o que a asneira grosseira Gazeta fez.

Querer insinuar o que quer que seja para além disto é tão bom como a alminha que executou o "erro gravíssimo".

Percebo, tal como todos os que com quem tive a oportunidade de falar, o jeitinho que dá este erro, no entanto, não passa de um erro, de um ENORME erro.

Sabe é que eu sou de DIREITA mesmo!